.

.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Por ora


Por ora, decidi que voltarei em breve. Não por falta de motivação, longe disso. ~Aliás, obrigada pelo carinho, gente n_n~
Mas sim por não ter nada pra relatar a não ser meus dias sem graça.
Quero alcançar minhas metas e quero publicá-las aqui, mas até agora não consegui.
Então voltarei quando perder, nem que seja, 1 kg.

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

Essa semana não caminhei por motivos de saúde, também por causa disso, tive que comer ""normalmente"". Resultado: Algumas gramas a mais, o bastante pra ficar com 61,2. ~Que raiva!!!ò_ó~

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Como tudo começou

Meus 16 anos, quando estava saindo do colégio, eu era magra. Eu não me preocupava com meu corpo, acho que eu tinha 1,65 m de altura e devia pesar 55 kg. Fiz 17 e passei uns meses em casa, pois minha faculdade começava mais tarde. Durante esse tempo que passei em casa, eu me descuidei. Fui engordando. As pessoas notaram, claro, sempre fui bem magra ~meu apelido em casa é Magra~ e não me preocupei muito porque eu não estava percebendo o que estava acontecendo comigo. As estrias apareceram, de repente minhas coxas ficaram tão grandes. Mas engordar de verdade aconteceu quando entrei pra faculdade. Como fui morar fora, podia comer o que quisesse. Então comia muito. E muita besteira. Sem pensar. Quando me dei conta, estava vestindo calças mais largas, estava com 65 kg.
Resolvi que ia emagrecer, voltar ao meu peso natural. Estava me sentindo feia, e me incomodava demais com minha barriga e coxas grandes. Comecei a restringir os alimentos. Não tirei totalmente as guloseimas, mas pelo menos fazia exercícios ~em casa mesmo, aeróbicos~. Queria ser mais saudável.
(Aí eu acho que estava com um começo de ortorexia)
Depois de um tempo eu perdi sim alguns quilos. Me deu motivação. Então comecei a restringir mais a alimentação, e aumentei os exercícios ~agora eu saía pra caminhar, umas 3 vezes por semana~.
Procurava dietas na internet, passei a fazer uma que incluía batatas e frango no almoço. Deu certo, por algum tempo eu perdi cerca de 1 kg por semana.
Nessas buscas na internet, encontrei pessoas como eu. Eram como a gente! E então pensei: Será?
(Aí eu conheci a anorexia)
Passei a pesquisar tudo sobre anorexia, como parecia fácil perder peso, e todas aquelas meninas magras e seus ossos e... Definitivamete aquilo me motivou demais a perder peso e voltar a ser a Magra. Em junho de 2014, fiz outra dieta que retirava as batatas no almoço e colocava uma vitamina com banana e leite, tudo contando calorias, é claro. Comecei a contar as calorias de tudo. Os exercícios: Terça e Quinta = 1h30min de caminhada, Sexta e Sábado = 1h00min de caminhada ~e fora o que eu andava normalmente pra chegar onde morava~. Minha família percebeu a diferença.
Em outubro eu mudei de cidade, mas não perdi o ritmo, continuei com os exercícios. Em dezembro eu estava com 56 kg. Demorou um pouco a chegar nesse peso porque eu comecei o comer mais besteira depois que me mudei.
Era janeiro de 2015 e eu queria chegar a perfeição antes do carnaval, pra poder me sentir à vontade com meu corpo quando fosse colocar um biquíni. Mas ao invés de focar nos exercícios eu relaxei nas férias, então não foi como eu esperava. Fiquei com uns 58 kg. Depois disso, em março, quando voltaram as aulas, fui morar com minha irmã. Não é fácil. Ela não deixa barato quando o assunto é a tentação da comida. Eu disse pra mim mesma que voltaria com os exercícios, e voltei. Estava dando tudo certo, fazendo exercício e dieta, mas a faculdade entrou em greve. Voltei pra casa. Em casa, quando chegava todo final de semana, minha mãe perguntava se eu estava comendo, porque me achava muito magra, mas agora que estou em casa ~até a greve acabar~ ela nem fala mais isso. Logo quando cheguei eu estava com 59 kg, mas não emagreci nem consegui manter, então aumentou pra 60 kg ~que é o peso atual~.
Desde que voltei eu caminho sempre que possível, uns 20 km por semana, mas não faço dieta, até tento, mas é bem mais fácil quando é você que está comprando seus alimentos, né? Então faço o que posso, tento comer pouco e não ter compulsão, além de caminhar. Vivo fazendo planos de dieta pra quando eu voltar a morar com minha irmã ~quando tiver meu dinheiro pra comprar meus alimentos~. O resto vocês já sabem. É isso.

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

Olá, gente! Me desculpem por o post ficar grande, mas eu abreviei o máximo que pude.
Me contem a história de vocês aqui nos comentários ~ou façam um post no blog de vocês, eu doraria saber como conheceram Ana e Mia~.
Ah! Se vc ainda não participa do site, clica em 'Participar deste site' e também confira os Links Thinspo aqui do lado >
Xoxo :*

sábado, 5 de setembro de 2015

Você é uma princesa!




Meu lado menina... Aquele que sonha... Uma frágil princesa, doce, meiga e fada.

A vida não é fácil, princesa!
Chegou a hora de tirar a coroa e colocar a armadura! 

Lute!
Todas as meninas são princesas! Só esqueceram de contar a elas...
Então quando a vida não fizer sentido, lembre-se que vc é a protagonista e que todos os contos de fadas terminam em um final feliz!

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Primeiro Passo

Oi, anas e mias!


Já tentei criar conta no instagram que foi denunciada, já criei o primeiro blog e este é o segundo, e definitivo, blog onde postarei meu diários, segredos, confissões e motivações! Uff


Hoje foi um dia daqueles que você planeja muitas coisas e no final vê que não fez nem a metade. :(
Mas o primeiro passo eu já dei. Ainda tenho esperança pra continuar!
Quero muito, mais do que tudo, se sentir bem com meu corpo.
Ultimamente tenho tentado de tudo, até ser vegan. Já retirei muitas coisas salsichas e mortadelas do meu dia a dia e pretendo muito mais que isso.
Bem, conforme os dias forem passando irei atualizando sempre que puder.
Beijos e #staystrong !